"Pensando alto…"
Poesia, pensamentos e besteiras…

Amor de Mãe

“De onde vem o poder dessa mulher

Que quando fala silencia a todos

Palavras que poderiam ser descritas como sopros

Mas que trazem o respeito , como aquele “-Tome jeito menino!”

E quem nunca escutou?

Pode ser grande ou pequena na altura

Esse fato da estatura de nada afeta o resultado final

Como o simples balançar de uma cabeça

Um sinal de “-Com toda certeza isso não mais acontecerá.”

Que todos os dias sejam o seu dia

Que todas as datas comemorem

essa árdua luta de educar , dar amor e vivenciar

Duas vidas que são quase uma só

Em um ritmo que parece dar nó

Para toda a vida

Nesse laço que começou com no cordão

e nunca vai terminar não

Se depender da Mãe de cada dia

Que dá a cara a bater por seus filhos todo dia

Sem ao menos pestanejar

A essa Mãe eu dedico

Esse poema restrito

a aquelas que nos fazem

nascer crescer e morrer de amor

Por suas mãos

somos criados

faz dessa tarefa a sua arte de ser

perfeita para nós

mesmo sendo dura e honesta

doa a quem doer

faça o que tiver de fazer

Pois em ti nós confiamos.”

Rodrigo Soares

Sem Respostas to “Amor de Mãe”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: