"Pensando alto…"
Poesia, pensamentos e besteiras…

Triste fim?


“Da maça a cor

Da tristeza o sabor

Da morte…

Da morte, o prazer de aproveitar

Desfrutar do que é realmente belo

E do que é realmente feliz

Triste são os vivos que variam seu humor

Por causa de amor, dinheiro e amizades…

Nada disso vale a pena…

Só vale a pena o EU

Porque eu nunca me deixo na mão

Nunca me deixo no chão

me dou o braço como travesseiro

E a pele como cobertor…

O que dirá o vivo quando encontrar o morto

Que anda no meio do povo

Que trabalha a semana inteira

E trabalha denovo

E não vive

E não morre

E não… e não… e não…

Eu sou a realidade

Que me afeta

Sou o profano

Sou o poeta

Dos que não vivem

Mas sobrevivem ao Destino DITADOR

Quero a liberdade mas estou preso

Ao acaso

E se de nada adiantar só a morte vai me dar a paz

De um caixão, velas e 7 palmos de chão

Entre o calor do sol e o não

Para o viver…

Da maça proibida eu comi

Me afoguei no veneno dos versos

Da comida, da poesia do eterno

Da cadência dos versos

Eu me doei

Na verdade Sangrei

Por acreditar em você… “

Rodrigo Soares

Sem Respostas to “Triste fim?”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: