"Pensando alto…"
Poesia, pensamentos e besteiras…

Já sei de cor … (*cór)

” Não tenho decepções

Tenho uma tristeza implacável

Tenho uma lágrima que está seca

um coração que está guardado…

Para não mais se abrir…

com tanta facilidade…

mais a culpa não é sua…

eu fui um bobo… um apaixonado…

Caí por alguem que tentou ser meu bem

mas não conseguiu…

foi demais…

Obrigado pelo Adeus…

mas é totalmente dispensável…

mas vamos cumprir a burocracia…

o que você tem para falar…

eu já sei de cor…

Se for para te deixar feliz…

que fale…

se for para te deixar alegre…

que faça…

se for para te deixar…

deixa …comigo… que eu faço…

não me sinto mais o seu abrigo…

não me sinto mais o seu caso…

Que pena… para nós…

para mim…

um viva…

para a nova vida…

que está para chegar…

e boa sorte…”

Rodrigo Soares

4 Respostas to “Já sei de cor … (*cór)”

  1. Nossa… triste isso… um fim é sempre triste…
    Porém um fim indica sempre que um recomeço está por perto!
    Realidade ou ficção isso aí?
    Abraço, poeta!

    • Pior que é verdade… resumindo … tomei um pé na bunda… e escutei… que eu era bom demais pra ela… O.o…. SOFROOO!! … Beijos Anna!

      • Putz, a pior coisa que podem dizer…
        Chato ao extremo ouvir q as coisas vão melhorar, pra vc dar tempo ao tempo, mas a verdade é essa mesmo…
        Enfim… recomeço!
        Que vê tantas nuances das coisas com tanta facilidade, pode ver (ou pelo menos tentar ver) algo de bom nisso tb…
        Bjo, poeta!

  2. OoOo Gordo … eita vidinha hein! Momentos um tanto quanto “chatos” servem somente para o aprendizado e para a superação. E quem melhor que você para isso? Apenas olhe “tudo” o que já foi por você conquistado. Você canta e encanta, espalhando seu charme e sedução, sempre em busca de experiências novas, objetivando um amor sincero, um porto seguro. O pior é que quem te olha a primeira vista não faz idéia do risco que corre de ser logo hipnotizado, de imediato. Não preciso nem comentar as conquistas… Olha… Conversando com o Daniel, a gente só ri de suas aventuras. Bem… Acredito que há, ainda, coisas para se arrumar e se refazer aí no seu coraçãozinho. Talvez, uma experiência específica ou aquela pessoa determinada. Sei que hoje não sou mais aquela que poderia dizer o que sente ou o que anda vivendo, talvez nem poderia te aconselhar a nada, sendo eu apenas uma expectadora distante. Apenas quero dizer através dessa mensagem que confio em você. Você é uma pessoa maravilhosa, mágica, A MAIS DIVERTIDA, A MAIS ENGRAÇADA e A MAIS DOIDA de todos os tempos. E gostaria de frisar, também, que algumas situações por você vividas hoje são apenas uns pontinhos, longe da magnitude de realidade fática circundante. Só eu sei os momentos que passei ao seu lado, no começo do ano passado, quando estávamos “destruindo” juntos, saindo, LITERALMENTE, todos os dias da semana. Nunca me esquecerei, porque nunca desfrutei tanto de Itatiaia e arredores. Como poderia imaginar que um lugar tão parado pudesse ter cantinhos tão especias, onde a palavra DIVERSÃO fosse tão apropriada? Bjos, saudades de suas músicas…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: