"Pensando alto…"
Poesia, pensamentos e besteiras…

Bordada de Flor

” Ô Pai… diz para mim…

O que eu te fiz para ser assim?

Só queria ter uma vida minha

um caminho meu…

Nada que um dia você já não pensou…

Nada que um dia você já não quis que fosse seu…

Então devolve…

Devolve o que é meu…

o meu pai carinhoso e afetuoso que se perdeu…

em um mar de alguma coisa que não posso enteder…

saiba que sua filha sempre vai estar aqui…

nunca vai se perder…

Eu sei que no fundo é tudo preocupação…

mas não fala assim…

não machuca não…

Estou aqui sozinha…

Precisando de pernas fortes para andar a minha trilha…

De crescimento… amadurecimento…

Te quero ao meu lado…

não assim jogado…

Venha até a sua pequena…

me dê um cheiro…

e diga que está tudo bem…

Diga que ainda sou sua pequena…

que ainda sou seu bem…

Não me mande esquecer de você…

pois isso eu não sei fazer…”

Rodrigo Soares

Uma resposta to “Bordada de Flor”

  1. Duas palavras: Amo você!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: